Busca por Ônibus em Florianópolis



 Buscar  
 Buscar

Parceiros:


  
Blog Mão na Roda

Turismo Adaptado

Yta Turismo Ltda ME

Turismo Adaptado FACE

Campanha de Acessibilidade

OMDA

Floripa para todos

Transporte Adaptado

MObfloripa | Agenda


Conheça as normas de acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos



No estabelecimento desses critérios e parâmetros técnicos foram consideradas diversas condições de mobilidade e de percepção do ambiente.




Data:

15/07/2012

Fonte:

ABNT | associação Brasileira de Normas Técnicas

Fonte da imagem:

Ilustração ABNT

TAGs:

NE, Necessidades Especiais, normas, abnt, mobiliário urbano

Editoria:

Necessidades Especiais


Atualização: 15/07/2012



 

imprimir artigo



 

enviar por e-mail



Share/Bookmark

Leia também...

* Horários ônibus adaptado - JOTUR



* Horários ônibus urbano em Braille - Canasvieira Transporte



* Manual bem humorado dos privilegiados auditivos



* Necessidades especiais - Entidades em Florianópolis



* Auto Viação Catarinense - SAC para deficientes auditivos





Esta Norma estabelece critérios e parâmetros técnicos a serem observados quando do projeto, construção, instalação e adaptação de edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos às condições de acessibilidade.

No estabelecimento desses critérios e parâmetros técnicos foram consideradas diversas condições de mobilidade e de percepção do ambiente, com ou sem a ajuda de aparelhos específicos, como: próteses, aparelhos de apoio, cadeiras de rodas, bengalas de rastreamento, sistemas assistivos de audição ou qualquer outro que venha a complementar necessidades individuais.

Esta Norma visa proporcionar à maior quantidade possível de pessoas, independentemente de idade, estatura ou limitação de mobilidade ou percepção, a utilização de maneira autônoma e segura do ambiente, edificações, mobiliário, equipamentos urbanos e elementos.

Todos os espaços, edificações, mobiliário e equipamentos urbanos que vierem a ser projetados, construídos, montados ou implantados, bem como as reformas e ampliações de edificações e equipamentos urbanos, devem atender ao disposto nesta Norma para serem considerados acessíveis.

Edificações e equipamentos urbanos que venham a ser reformados devem ser tornados acessíveis. Em reformas parciais, a parte reformada deve ser tornada acessível.

As edificações residenciais multifamiliares, condomínios e conjuntos habitacionais devem ser acessíveis em suas áreas de uso comum, sendo facultativa a aplicação do disposto nesta Norma em edificações unifamiliares. As unidades autônomas acessíveis devem ser localizadas em rota acessível.

As entradas e áreas de serviço ou de acesso restrito, tais como casas de máquinas, barriletes, passagem de uso técnico etc., não necessitam ser acessíveis.



Acesse o documento aqui.