Busca por Ônibus em Florianópolis



 Buscar  
 Buscar

Parceiros:


  
MObfloripa | Guia

FITZZ | e-bikes

MIX Rocha

Everbike

PLAMUS


Produtos de baixo custo e alta tecnologia para pessoas com deficiência







Data:

25/10/2011

Fonte:

www.segs.com.br | Dorotéia Fragata

Fonte da imagem:

3encontro.sedpcd.sp.gov.br

TAGs:

deficiência, Feira, São Paulo

Editoria:

Necessidades Especiais


Atualização: 25/10/2011



 

imprimir artigo



 

enviar por e-mail



Share/Bookmark

Leia também...

* A Reatech, feira de produtos para pessoas com deficiência, começa nesta quinta-feira em São Paulo



* Em discussão: Método de retirada de Carteira de habilitação para deficientes



* Produtos de baixo custo e alta tecnologia para pessoas com deficiência



* Calçadas acessíveis. Infraestrutura básica que afeta diretamente a questão do turismo.



* Deficientes fisicos terão cadeiras especiais para frequentar o litoral no Paraná





Com o tema O Desenho Universal na Indústria Brasileira, o 3º Encontro Internacional de Tecnologia e Inovação para Pessoas com Deficiência acontecerá entre os dias 24 e 26 de outubro, no Tivoli Hotels, em São Paulo

A terceira edição terá palestras, apresentação de projetos em tecnologia assistiva e produtos para o conforto e autonomia de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida nas atividades do dia a dia.

Produtos que facilitam a rotina de pessoas com deficiência - e ajudam a construir um mundo mais justo e inclusivo - desenvolvidos com tecnologia nacional por empresas e universidades de vários estados do Brasil e palestras que vão discutir como o Desenho Universal pode influenciar os setores de transporte, eletroeletrônicos, lazer, entretenimento e construção civil, proferidas por convidados nacionais e internacionais, serão apresentados durante o 3º Encontro Internacional de Tecnologia e Inovação para Pessoas com Deficiência, que acontecerá entre os dias 24 e 26 de outubro, das 14h às 18h.

"A ideia não é apenas tornar locais, produtos e serviços acessíveis, mas contemplar outras necessidades de usuários em geral, como a usabilidade, a potencialização de habilidades e a segurança. Vamos promover o conhecimento e a adoção desses princípios, bem como fortalecer o setor de Tecnologia Assistiva no país, incentivando toda a cadeia produtiva, da pesquisa e inovação tecnológica à fabricação e comercialização de produtos e serviços voltados ao aumento da autonomia e qualidade de vida", afirma a Profa. Dra. Linamara Battistella, Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

....

Acesse a página do III Encontro Internacional de Tecnologia e Inovação para Pessoas com Deficiência - O Desenho Universal na Indústria Brasileira.

...



Leia a matéria completa direto da fonte -> www.segs.com.br