Busca por Ônibus em Florianópolis



 Buscar  
 Buscar

Parceiros:


  
PLAMUS

FITZZ | e-bikes

MIX Rocha

Everbike

MObfloripa | Guia


PMF: Prefeitura de Florianópolis detalha como central de trânsito vai funcionar







Data:

03/03/2016

Fonte:

Prefeitura de Florianópolis

Fonte da imagem:

Recorte digital de pmf.sc.gov.br

TAGs:

tráfego, semáforos, tecnologia, congestionamentos

Editoria:

Trânsito


Atualização: 03/03/2016



 

imprimir artigo



 

enviar por e-mail



Share/Bookmark

Leia também...

* Trânsito do Centro da Capital sofre alterações nesta segunda quinzena de outubro.



* Código de trânsito pode ficar mais severo



* Experimente fazer o teste de mitos do trânsito proposto pelo G1



* TRÂNSITO: Novembro tem curso do DENATRAN em São José



* TRÂNSITO: Prefeitura discute com entidades a revitalização da Edu Vieira





A Prefeitura de Florianópolis deu mais detalhes, nesta quarta (2), sobre o funcionamento da central de controle de trânsito, que será instalada na capital. Novos equipamentos permitirão a gestão do fluxo a partir de planos de tráfego de acordo com as peculiaridades do município, informou a prefeitura.



Com o novo sistema de semáforos da Capital - que deverá estar em pleno funcionamento até o final de abril - agentes de trânsito poderão, com apenas um clique, mudar o plano de sincronização de acordo com a previsão do tempo.



Na Capital, o diretor de Operações de Trânsito, Leandro Marques, já programou dois planos de vias que levam em conta as características particulares do tráfego em Florianópolis. Um é especial para os dias de chuva, principalmente no verão, quando muitas pessoas se dirigem aos shoppings da cidade.



“Vamos deixar um plano de sincronização pronto para estas situações, diminuindo ou aumentando o tempo do semáforo em ruas que levam aos shoppings”, adiantou.



O mesmo será feito para dias de céu claro e finais de semana, quando as pessoas se dirigem mais às praias do que ao Centro, por exemplo. “Neste caso, as vias que dão acesso às praias terão maior fluidez”, explicou.



Entenda como irá funcionar



- A empresa especializada em tecnologia que venceu a licitação, a Dataprom, irá instalar 134 sistemas de controle de trânsito, espalhados em áreas estratégicas da cidade. O mesmo utilizado em grandes metrópoles, como Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro.

- Estes sistemas ficam dentro de caixas no solo e não são percebidos pelos motoristas. Elas funcionam como CPU´s de computadores, onde softwares de última geração irão controlar 630 semáforos da cidade.

- Em uma sala, na rua Deodoro, ficará a central de monitoramento. Lá, seis telas em LED (chamadas tecnicamente de videowall – pois possuem tecnologia superior às de televisão) irão funcionar como “telas de computador”, das 134 “CPU´s” espalhadas pela cidade.

- Nas telas, estarão todos os 630 semáforos da cidade, enviando informações em tempo real sobre o trânsito, dia e noite. Com apenas um clique, os agentes de trânsito poderão alterar a sincronia de um semáforo, fazendo o trânsito fluir na direção que for necessário.

- Os motoristas que estiverem em congestionamentos (em vias municipais) poderão interagir com os agentes pelo número 153 da Guarda Municipal – relatando problemas ou filas fora do comum.



O que este software pode fazer



- monitora o fluxo da via;

- determina planos específicos de acionamento para horários determinados;

- estabelece pedidos de mudança de planos de via;

- como a mudança é em tempo real, o maior benefício é a fluidez no trânsito, evitando congestionamentos.



Custo e cronograma de instalação

Investimento: R$ 5,5 milhões

Início da instalação: janeiro de 2016

Término: abril de 2016



LEIA MAIS:

Abaixo-assinado agradece por mudanças no trânsito



Acesse essa notícia direto da fonte