Busca por Ônibus em Florianópolis



 Buscar  
 Buscar

Parceiros:


  
FITZZ | e-bikes

PLAMUS

MIX Rocha

Everbike

MObfloripa | Guia


Mobilize: O perigo de transportar bicicletas elétricas em suportes de bikes comuns







Data:

11/03/2016

Fonte:

Mobilize

Fonte da imagem:

Recorte digital de mobilize.org.br

TAGs:

bicicleta elétrica, ebike, transportes, carros, ciclistas

Editoria:

Bicicletas


Atualização: 11/03/2016



 

imprimir artigo



 

enviar por e-mail



Share/Bookmark

Leia também...

* Magrelas, gratuitas e eficientes em Brasília



* Bicicletas podem garantir mais segurança no trânsito em Florianópolis



* O futuro do transporte está nas bicicletas?



* Novas "highways" para bicicletas fazem sucesso em Londres



* Bicicleta: o meio de transporte do futuro





Mais seguro é carregar as e-bikes na parte traseira do carro, em racks mais resistentes, apontou teste realizado pelo centro de tecnologia da Allianz, em Munique



É cada vez maior o número de adeptos - no Brasil e no mundo - da bicicleta elétrica, uma solução de transporte saudável, ideal para quem quer viver numa cidade com menos poluição, barulho e trânsito.



Por ter autonomia de 30 ou 40 km, é comum que ciclistas se desloquem de carro até determinado ponto transportando sua e-bike. É neste momento que é preciso cuidado!  



Com peso médio de 20 kg, as bicicletas elétricas são muito mais pesadas do que as comuns. Isto se deve ao motor elétrico, à bateria e ao quadro reforçado. Levando em consideração essas características, o Centro de Tecnologia Allianz (AZT), em Munique, na Alemanha, realizou um crash test para demonstrar o perigo de transportar uma magrela elétrica em racks de teto ou naqueles presos na barra do reboque, todos preparados para suportar o peso de uma bike normal.



Continue lendo esta notícia direto da fonte...