Busca por Ônibus em Florianópolis



 Buscar  
 Buscar

Parceiros:


  
MObfloripa | Guia

PLAMUS

MIX Rocha

Everbike

FITZZ | e-bikes


Mobilize | Videomonitoramento urbano amplia atuação dos agentes de trânsito







Data:

05/04/2016

Fonte:

Mobilize

Fonte da imagem:

Recorte digital de mobilize.org.br

TAGs:

trânsito, infrações, segurança viária, Contran, mobilidade, CTB, João Pessoa

Editoria:

Tecnologia


Atualização: 05/04/2016



 

imprimir artigo



 

enviar por e-mail



Share/Bookmark

Leia também...

* Salão do Automóvel de Tóquio aposta em sustentabilidade e tecnologia



* Você pode ter: Aplicativo para celulares informa a terceiros quando motorista está ao volante



* Google Maps passa a oferecer trânsito em tempo real



* Centro de Controle Operacional e Sistema Integrado de Mobilidade de Curitiba: soluções inovadoras de gestão pública



* Conferência "Diálogo sobre Metrópole e Mobilidade" mostra as primeiras percepções sobre as mudanças na mobilidade em todo o mundo





Com a ferramenta, os profissionais têm acesso a imagens das infrações em tempo real



Aliar tecnologia e segurança é uma receita adotada em vários âmbitos com benefícios para toda a sociedade. A partir desta premissa e regulamentado pela resolução 532/2015 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), o videomonitoramento urbano compõe um novo pilar na fiscalização das infrações de trânsito. Somada à presença de agentes e aos registros eletrônicos de radares, a ferramenta deve ajudar na construção de um cenário mais seguro e humano de mobilidade.



Em João Pessoa (PB), o monitoramento por vídeo faz parte da rotina do trânsito da cidade desde 1º de fevereiro e já apresenta resultados expressivos. “Nos primeiros 17 dias de monitoramento foram computadas 460 infrações, mesmo com a sinalização nos locais monitorados e campanha educativa na mídia. Agora os motoristas estão começando a pensar duas vezes antes de cometer uma infração, pois as penalidades pesam no bolso”, relata o diretor de operações da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob/PB), Maximiano Machado.



O órgão é responsável pela operação das câmeras de longo alcance, instaladas em 40 pontos e acompanhadas, em tempo real, por agentes de mobilidade urbana na Central de Tráfego por Área (CT). Do local a equipe registra as infrações como as previstas pelo artigo 181 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). “Atualmente, três infrações são campeãs: estacionar sobre a calçada, em local não permitido e em fila dupla. Porém, também são verificadas outras irregularidades previstas em outros artigos, como ocupar vagas especiais sem credencial e fazer uso do celular enquanto dirige”, esclarece Machado.



Continue lendo esta notícia direto da fonte...