Busca por Ônibus em Florianópolis



 Buscar  
 Buscar

Parceiros:


  
FITZZ | e-bikes

MObfloripa | Guia

PLAMUS

Everbike

MIX Rocha


G1 | Uber anuncia início das operações do aplicativo em Salvador







Data:

07/04/2016

Fonte:

G1 Bahia

Fonte da imagem:

Recorte digital de g1.globo.com

TAGs:

Uber, aplicativo, app, taxista, Salvador, legislação

Editoria:

Táxi


Atualização: 07/04/2016



 

imprimir artigo



 

enviar por e-mail



Share/Bookmark

Leia também...

* Pontos de táxi na Praça XV durante a "Parada de Natal" em dezembro 2011



* Aplicativos facilitam procura por táxis em Santa Catarina



* Cerca de 40 táxis de Florianópolis já circulam com reajuste de tarifa



* CNT: Pesquisa inédita sobre o Perfil dos Taxistas



* PMF | Táxis: licitantes escolhem ponto





O serviço de transporte urbano particular por aplicativo Uber anunciou que começa a operar em Salvador a partir das 14h desta quinta-feira (7). A informação foi passada ao G1 pelo diretor de comunicação da empresa, Fábio Sabba. A capital baiana passa a ser a 10ª cidade do país a receber o serviço, mesmo após a prefeitura já ter se posicionado contra a atuação da empresa, também alvo de críticas por taxistas que consideram o serviço irregular.



Presente em mais de 400 cidades de 70 países, o Uber começou a credenciar motoristas em Salvador em março. No Brasil, a empresa já atua com mais de 10 mil condutores em Brasília, Belo Horizonte, Campinas, Curitiba, Goiânia, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo. Em Salvador, o Uber não especificou a quantidade de motoristas cadastrados para o início das operações.



O secretário municipal de Mobilidade Urbana de Salvador, Fábio Mota, disse que o serviço oferecido pelo Uber é clandestino e que a prefeitura vai apreender veículos de motoristas flagrados trabalhando para a empresa. Os condutores também poderão ser multados, segundo o gestor. O prefeito ACM Neto se mostrou contra a circulação do transporte alternativo na cidade durante divulgação do novo regulamento de táxis, no mês passado.



"A prefeitura está com uma equipe pronta para fiscalizar. O Uber é considerado um transporte clandestino e será combatido como outros transportes clandestinos que atuam em Salvador. Estamos prontos para fazer o enfrentamento, tendo em vista que o Uber não é regulamentado e não passa por uma vistoria", disse o secretário.



Conforme Mota, somente esse ano, mais de 100 veículos que fazem transporte clandestino na capital foram apreendidos. "Não sabemos quem são as pessoas que dirigem para o Uber e nem se atendem aos quesitos de segurança. O único transporte desse tipo autorizado no município são os táxis. Portanto, os veículos serão apreendidos, os motoristas estarão sujeitos ao pagamento de multa e será encaminhada denúncia ao Ministério Público, pelo transporte de pessoas sem autorização", afirmou.



Continue lendo esta notícia direto da fonte...