Busca por Ônibus em Florianópolis



 Buscar  
 Buscar

Parceiros:


  
MObfloripa | Guia

PLAMUS

FITZZ | e-bikes

MIX Rocha

Everbike


PMF | Rio Tavares: obras do elevado ganham reforço







Data:

03/05/2016

Fonte:

Prefeitura de Florianópolis

Fonte da imagem:

Recorte digital de pmf.sc.gov.br

TAGs:

trânsito, elevado, Florianópolis, mobilidade urbana, Aeroporto, Rio Tavares

Editoria:

Obras


Atualização: 03/05/2016



 

imprimir artigo



 

enviar por e-mail



Share/Bookmark

Leia também...

* Parlamento reinstala Fórum pela Duplicação da BR-470



* Governo investe R$ 1,2 milhão em recuperação de acesso em Santo Amaro da Imperatriz



* Motoristas que trafegam na BR-101 Sul devem ficar atentos a mudanças nesta semana



* Site da BR101 Sul dá dicas de Segurança no Trânsito



* Mudanças no trânsito de São José em função de obras na ponte Araújo





As obras do maior elevado de Florianópolis retornaram com esforços redobrados nesta segunda-feira (2). Em entrevista coletiva, o prefeito Cesar Souza Junior, acompanhado do governador Raimundo Colombo, anunciou que, apesar dos problemas encontrados no solo, o prazo de entrega não será alterado: permanece para dezembro deste ano.



No último mês, as equipes se depararam com mais um desafio: o solo estava cedendo. A primeira dúvida da Prefeitura foi verificar com a empresa contratada como este problema não foi detectado no projeto e na sondagem realizada no local antes de iniciar a obra. Segundo a empresa, era um problema imprevisível.



“Diante disso, as obras de estaqueamento permaneceram paradas por 20 dias, tempo no qual encontramos a solução mais eficiente e mais em conta para o problema. Agora retomamos com o dobro de equipes e o prazo de conclusão está mantido”, afirmou o prefeito.



Segundo a Secretaria de Obras, um problema semelhante no solo foi verificado também durante a construção do elevado do Trevo da Seta, mas não tão grave como o do Rio Tavares.



“O importante é que vencemos mais este desafio, encontramos a melhor solução para o problema e não veremos uma tragédia como a da ciclovia do Rio de Janeiro, resultado de obras realizadas na pressa”, disse o prefeito.



O governador do Estado, Raimundo Colombo, confirmou o total apoio do Estado à obra, já que dos R$ 17 milhões para desapropriação, R$ 7 são do governo estadual.



“É uma melhoria de que o Sul da Ilha precisa há muitos anos, e este elevado, mais o novo acesso ao aeroporto, certamente irá mudar o trânsito na região”, afirmou.



"Temos duas obras muito importantes para a comunidade do Sul da Ilha, que são o elevado do Rio Tavares e o trecho de acesso ao aeroporto. Só com o elevado já teremos uma boa diferença e juntamente com o outro acesso vamos ter a grande melhora da mobilidade para quem mora aqui", disse Ariel Nunes, presidente do Conselho Comunitário da Fazenda do Rio Tavares





Números da obra

Início: maio de 2015

Entrega: dezembro de 2016

Investimento: R$ 15 milhões para a obra, R$ 17 milhões para desapropriações

Número de desapropriações: 40



A estrutura



Terá 220 metros de extensão e fará a ligação, em forma de anel, entre a SC-405 e a rodovia Dr. Antônio Luiz Moura Gonzaga, que une o Rio Tavares e o Campeche à Lagoa da Conceição. O projeto contempla ainda, para o entorno, ciclovias e calçadas.



A estrutura terá 12 pilares, cada um deles com oito estacas de profundidade (com capacidade de suportar individualmente a carga de 230 toneladas-força), coroadas por um bloco com mais de 30 metros cúbicos de concreto.



Esses blocos, que medem pouco mais de 7 metros de comprimento, por 2,60 metros de largura e 1,60 metros de altura (ou profundidade), servem de base para os pilares que vão sustentar a via elevada.



Acesse essa notícia direto da fonte...