Busca por Ônibus em Florianópolis



 Buscar  
 Buscar

Parceiros:


  
MObfloripa | Guia

PLAMUS

FITZZ | e-bikes

MIX Rocha

Everbike


Free the Essence | Ciclovia solar na Holanda está produzindo mais energia do que o esperado







Data:

19/05/2016

Fonte:

Free the Essence

Fonte da imagem:

Recorte digital de freetheessence.com.br

TAGs:

ciclovia, bicicleta, carro, infraestrutura, Holanda

Editoria:

Sustentabilidade


Atualização: 19/05/2016



 

imprimir artigo



 

enviar por e-mail



Share/Bookmark

Leia também...

* COP 15 - Copenhagen vai disponibilizar bicicletas gratuitas para as delegações.



* SUSTENTABILIDADE: Impulse, o avião a energia solar, cruza a Suíça



* Sustentabilidade: Uma bicicleta que filtra água!



* Internacional: Oito lições estrangeiras para amadurecer o uso de veículos verdes



* Faltam 2 meses para a Hora do Planeta 2011





A primeira ciclovia solar do mundo, localizada na Holanda, está gerando mais energia do que o esperado. Seu sucesso prova que é possível pavimentar ruas com um material que gere eletricidade a partir da luz do sol.



A energia solar geralmente é produzida a partir de placas fotovoltaicas instaladas no topo de edifícios ou em outras estruturas.  No caso da ciclovia localizada em Kromennie, cidade que fica a noroeste de Amsterdã, não se trata de uma cobertura. O próprio pavimento foi criado para fazer esse processo.



A ciclovia tem 70 metros de extensão. Após um ano de testes, está gerando cerca de 70 quilowatts/hora por metro quadrado. Isso é o suficiente para abastecer três casas por doze meses.



Sten de Wit, da SolaRoad, empresa responsável pelo empreendimento, disse a Fast.Co Exist que o investimento foi de US$ 3.75 milhões, mas é viável e deve se pagar em 15 anos.



Ciclovia solar X painéis solares e estradas comuns



Painéis solares em topos de prédios são mais baratos e mais fáceis de construir. A SolaRoad, no entanto, defende que há mais espaço disponível nas ruas do que nos edifícios. Quando os telhados estiverem saturados, maneiras alternativas de produzir energia solar serão valorizadas.



A empresa acredita que pavimentar as ruas para que produzam energia pode ser viável financeiramente.  Os custos totais se baseiam em uma média entre investimento financeiro e benefício proporcionado. O retorno, no caso, é a energia gerada para os moradores.



Sten garante que, quando o cálculo é feito, as estradas solares são mais baratas do que as atuais. “Para cidades e agências responsáveis pela construção e manutenção de estradas, esta é uma proposta interessante”, disse.





Continue lendo esta notícia direto da fonte...