Busca por Ônibus em Florianópolis



 Buscar  
 Buscar

Parceiros:


  
MIX Rocha

FITZZ | e-bikes

Everbike

MObfloripa | Guia

PLAMUS


LabTrans | Movimento Maio Amarelo mobiliza governo e sociedade civil pela segurança do trânsito







Data:

24/05/2016

Fonte:

LabTrans

Fonte da imagem:

Recorte digital de labtrans.ufsc.br

TAGs:

Maio Amarelo, segurança viária, segurança no trânsito, ONU

Editoria:

Trânsito


Atualização: 24/05/2016



 

imprimir artigo



 

enviar por e-mail



Share/Bookmark

Leia também...

* Trânsito do Centro da Capital sofre alterações nesta segunda quinzena de outubro.



* Código de trânsito pode ficar mais severo



* Experimente fazer o teste de mitos do trânsito proposto pelo G1



* TRÂNSITO: Novembro tem curso do DENATRAN em São José



* TRÂNSITO: Prefeitura discute com entidades a revitalização da Edu Vieira





O deputado federal Hugo Leal ( PSB-RJ ), autor da Lei Seca e presidente da Frente Parlamentar do Trânsito Seguro, reuniu cerca de 200 pessoas, no ato solene do movimento Maio Amarelo, na praça ao lado da Paróquia São José da Lagoa, na Lagoa Rodrigues de Freitas, na Zona Sul do Rio. A ação aconteceu na manhã deste domingo (22).



A atividade foi realizada em parceria com a Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, que levou o projeto ‘Rio se move’, de incentivo à prática de esportes.



O movimento tem como proposta chamar a atenção para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo, por meio de uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil, a fim de colocar em pauta o tema da segurança viária e mobilizar toda a sociedade. O objetivo é reduzir em 50% as mortes no trânsito até 2020, meta estabelecida na 1ª Conferência Global de Alto Nível sobre Segurança Viária (2009), reiterada pela ONU.



Para o parlamentar, o movimento lembra as pessoas suas responsabilidades por um trânsito mais seguro. “Os acidentes de trânsito são a quinta maior causa de morte no mundo. As estatísticas demonstram que precisamos mudar, pois se referem a pessoas, além do grande impacto na economia.” Leal ressaltou que foi sancionada na última semana a Lei 13281/2016, que altera a infração do uso de celular ao volante, passando de grave para gravíssima, com o valor de R$400. A lei começa a vigora em novembro.



Continue lendo esta notícia direto da fonte...