Busca por Ônibus em Florianópolis



 Buscar  
 Buscar

Parceiros:


  
PLAMUS

FITZZ | e-bikes

Everbike

MIX Rocha

MObfloripa | Guia


LabTrans | Ilusão de ótica, grafite e luzes: arte em faixas de pedestres contribui para a segurança viária







Data:

27/05/2016

Fonte:

LabTrans

Fonte da imagem:

Recorte digital de labtrans.ufsc.br

TAGs:

segurança viária, trânsito, motoristas, faixas de pedestres, velocidade

Editoria:

Pedestres


Atualização: 27/05/2016



 

imprimir artigo



 

enviar por e-mail



Share/Bookmark

Leia também...

* Inscrições abertas para a Maratona de Santa Catarina



* Falta de passarela na SC-401, em Florianópolis, é pesadelo para moradores da região



* RS: Motorista repete estupidez do atropelador de ciclistas em Porto Alegre



* Após campanha, morte de pedestre cai 37% em São Paulo



* Modelo de faixa de pedestre inspirado nas de Londres está em fase de teste





Uma artista indiana resolveu usar seu talento para tentar ajudar a reduzir as mortes no trânsito em seu país. Graças a um tráfico heterogêneo, que mistura diferentes tipos de veículos em alta velocidade, mais de 230 mil pessoas morreram em acidentes de trânsito na Índia, segundo relatório da Organização Mundial de Saúde de 2013. Aproximadamente metade das vítimas era de usuários vulneráveis das vias – motociclistas, pedestres e ciclistas.



Medidas radicais e urgentes precisam ser implementadas no país, mas uma simples ideia, de Saumya Pandya Thakkar, pode ser responsável por salvar vidas. A artista de 28 anos, com a ajuda de sua mãe, Shakuntala Panya, criou faixas de pedestres com técnicas de ilusão de ótica. O motorista tem a impressão de estar se aproximando de blocos de concreto, o que o leva a diminuir a velocidade.



“Estamos testando pinturas em 3D como freios virtuais para evitarmos o uso desnecessário de controladores de velocidade”, afirmou através do Twitter Nitin Gadkari, Ministro dos Transportes da Índia. Desde o início do ano, Saumya já implementou sua ideia em diferentes rodovias de Ahmedabad e planeja ampliar ainda mais seu alcance em outros países. “Eu, como uma cidadã indiana, me sinto orgulhosa de estar fazendo um pouco pela nação”, destacou a artista ao CityLab.



Continue lendo esta notícia direto da fonte...