Busca por Ônibus em Florianópolis



 Buscar  
 Buscar

Parceiros:


  
MIX Rocha

MObfloripa | Guia

PLAMUS

Everbike

FITZZ | e-bikes


PMF | Começa a duplicação da Edu Vieira, no Pantanal







Data:

30/05/2016

Fonte:

Prefeitura de Florianópolis

Fonte da imagem:

Recorte digital de pmf.sc.gov.br

TAGs:

duplicação, Edu Vieira, Anel Viário, corredor de ônibus exclusivo, ciclovias, calçadas, UFSC

Editoria:

Obras


Atualização: 30/05/2016



 

imprimir artigo



 

enviar por e-mail



Share/Bookmark

Leia também...

* Parlamento reinstala Fórum pela Duplicação da BR-470



* Governo investe R$ 1,2 milhão em recuperação de acesso em Santo Amaro da Imperatriz



* Motoristas que trafegam na BR-101 Sul devem ficar atentos a mudanças nesta semana



* Site da BR101 Sul dá dicas de Segurança no Trânsito



* Mudanças no trânsito de São José em função de obras na ponte Araújo





Obra esperada há mais de 20 anos teve início nesta segunda-feira, com prazo de 36 meses



Resolvendo um impasse que perdurou por mais de 20 anos, a Prefeitura de Florianópolis conseguiu, após acordo com a UFSC, iniciar na manhã desta segunda-feira (30) as obras de duplicação da rua Deputado Antônio Edu Vieira, no Pantanal, com prazo de 36 meses para entrega.



No início da manhã, as máquinas já estavam no terreno da Universidade, uma área de 31 mil metros quadrados cuja cessão era o último entrave que faltava para iniciar os serviços.



O prefeito Cesar Souza Junior e sua equipe acompanharam o momento, considerado histórico para a mobilidade daquela região. O reitor da UFSC, Luiz Carlos Cancellier, também esteve no local e garantiu que agora nada mais irá emperrar o andamento da obra.



“É uma espera de 20 anos e de um impasse que chega ao fim. É uma obra moderna, completa e pensada para atender a todos, resolvendo um problema histórico, que irá contemplar veículos de passeio, transporte público, pedestres e ciclistas”, disse o prefeito.



Nesta fase, os trabalhos irão ocorrer somente dentro do terreno da Universidade, não afetando o trânsito local. Neste primeiro momento, a obra irá do trevo da Dona Benta até a Eletrosul. A previsão é de que ela interfira nas pistas somente no final do ano.



O projeto



A duplicação da Antônio Edu Vieira, do Córrego Grande até o Armazém Vieira (1,9 km), possibilita a criação de um corredor exclusivo para ônibus, com via elevada somente para o uso do transporte coletivo sobre a rótula da Eletrosul. Calçadas, passeio, terraplenagem, drenagem, sinalização horizontal, urbanização e ciclovia também fazem parte do projeto, orçado em aproximadamente R$ 36 milhões.



A obra está incluída no projeto do anel viário, que contempla uma área de 7,4 km, com ponto inicial nas proximidades da rua João Pio Duarte (entrada do Córrego Grande/Dona Benta) e ponto final na avenida Paulo Fontes (no Ticen).



Acesse essa notícia direto da fonte...