Busca por Ônibus em Florianópolis



 Buscar  
 Buscar

Parceiros:


  
MIX Rocha

PLAMUS

FITZZ | e-bikes

Everbike

MObfloripa | Guia


ND Online | Baladeiros e casas noturnas procuram soluções para evitar álcool e direção







Data:

04/07/2016

Fonte:

ND Online

Fonte da imagem:

Recorte digital de ndonline.com.br

TAGs:

Lei Seca, segurança viária, motoristas, Florianópolis, vans, ônibus, táxi

Editoria:

Transportes


Atualização: 04/07/2016



 

imprimir artigo



 

enviar por e-mail



Share/Bookmark

Leia também...

* Maciço do Morro da Cruz poderá receber Transporte Funicular



* Estudante da UFRGS cria site com rotas de ônibus de Porto Alegre



* Ministério dos Transportes e DNIT preparados para emergências no período das chuvas



* Florianópolis deve facilitar o acesso às informações sobre o transporte público



* Futuro da mobilidade paulista passa por trilhos





Transporte em vans é uma das alternativas



A língua vai se soltando, gole após gole. As horas passam e muitas vezes é o fim da festa ou o raiar do dia que determinam a hora de voltar para casa. Em tempos de Lei Seca e acidentes, baladeiros, casas noturnas e organizações buscam meios para garantir o retorno seguro.



O táxi continua sendo uma alternativa pouco acessível financeiramente, em casos de longas distâncias. O transporte coletivo de Florianópolis ainda não é a melhor solução, devido à escassez de horários na madrugada. A saída que ganha força entre os frequentadores de bares, festas e grandes eventos são as vans. O custo médio para itinerários em Florianópolis e região varia entre R$ 7 e R$ 10.



Continue lendo esta notícia direto da fonte...