Busca por Ônibus em Florianópolis



 Buscar  
 Buscar

Parceiros:


  
FITZZ | e-bikes

MObfloripa | Guia

MIX Rocha

Everbike

PLAMUS


G1 | Menos de 50% das desapropriações para contorno viário foram feitas







Data:

08/07/2016

Fonte:

G1 Santa Catarina

Fonte da imagem:

Recorte digital de g1.globo.com

TAGs:

transportes, trânsito, contorno viário, Grande Florianópolis, Palhoça, São José, Biguaçu

Editoria:

Obras


Atualização: 08/07/2016



 

imprimir artigo



 

enviar por e-mail



Share/Bookmark

Leia também...

* Parlamento reinstala Fórum pela Duplicação da BR-470



* Governo investe R$ 1,2 milhão em recuperação de acesso em Santo Amaro da Imperatriz



* Motoristas que trafegam na BR-101 Sul devem ficar atentos a mudanças nesta semana



* Site da BR101 Sul dá dicas de Segurança no Trânsito



* Mudanças no trânsito de São José em função de obras na ponte Araújo





São necessárias 1.017; foram liberados 477 terrenos para as obras.

Concessionária diz que trabalhos devem terminar em dezembro de 2019.



 Do total de 1.017 terrenos que precisam ser desapropriados para as obras do contorno viário da Grande Florianópolis, 477 foram liberados. Para que ocorra esse processo, é preciso um acordo entre o proprietário e a responsável pelas obras. A concessionária da BR-101 garantiu que os trabalhos estão dentro do prazo, de dezembro de 2019, como mostrou o RBS Notícias desta quinta-feira (7).



O contorno viário vai ter, no total, 50 quilômetros de extensão. Vai ser um caminho alternativo que começa em Palhoça e vai até Biguaçu. O objetivo é que o trânsito pesado da BR-101 não passe mais por dentro da região metropolitana.



A obra caminha a passos lentos. As desapropriações são um dos grandes obstáculos. "Realmente hoje a gente não consegue atuar em alguns trechos da obra por questão da desapropriação", afirmou o superintendente da Autopista Litoral Sul, Marcelo Módolo.



Continue lendo esta notícia direto da fonte...