Busca por Ônibus em Florianópolis



 Buscar  
 Buscar

Parceiros:


  
Everbike

MObfloripa | Guia

PLAMUS

FITZZ | e-bikes

MIX Rocha


Plano de Mobilidade Urbana e as Bicicletas



A bicicleta está nos seus planos?




Data:

27/07/2016

Fonte:

Bicicleta nos Planos

Fonte da imagem:

Divulgação

TAGs:

planejamento urbano, mobilidade urbana, ciclistas, ciclovias, segurança viária

Editoria:

Bicicletas


Atualização: 27/07/2016



 

imprimir artigo



 

enviar por e-mail



Share/Bookmark

Leia também...

* Magrelas, gratuitas e eficientes em Brasília



* Bicicletas podem garantir mais segurança no trânsito em Florianópolis



* O futuro do transporte está nas bicicletas?



* Novas "highways" para bicicletas fazem sucesso em Londres



* Bicicleta: o meio de transporte do futuro





Até abril de 2015, cidades brasileiras com mais de 20.000 habitantes deveriam ter desenvolvido um Plano de Mobilidade Urbana, mas menos de 30% delas o concluíram. Essa campanha é para garantir que as bicicletas estejam nos Planos e nas ruas destas cidades.



O que é um plano de mobilidade?



O Plano de Mobilidade é um importante instrumento para cidades com mais de 20.000 habs. que permite o planejamento das ações em transporte, conjugadas ao uso do solo, que deverão ser desenvolvidos por prefeituras e setores sociais, de forma participativa, para atender às necessidades atuais e futuras do fluxos de pessoas e mercadorias nos diversos modos de transporte, através do estabelecimento de princípios, objetivos e diretrizes. 



O Plano de Mobilidade Urbana e as Bicicletas



O Plano de Mobilidade Urbana (PMU) é o instrumento de planejamento e gestão da mobilidade de um município. Ele trata de pensar, desenvolver e propor como se darão os deslocamentos de pessoas e bens em uma cidade, integrado a planos de outras políticas temáticas e que têm relação com a mobilidade urbana, como o uso do solo, moradia, mudanças climáticas, energia, etc.



De acordo com a Política Nacional de Mobilidade Urbana – PNMU – Lei 12.587/2012, os municípios brasileiros que têm mais de 20 mil habitantes deveriam ter elaborado esse Plano até abril de 2015, impossibilitando inclusive de receberem verbas federais destinadas à mobilidade urbana.



Dentro do PMU, a bicicleta deve ser considerada como prioridade, junto com outros transportes ativos, sobre os transportes motorizados no PMU (PNMU art. 6, II). Além disso, ela é uma ótima forma de melhorar a saúde da população, diminuindo gastos com saúde pública, contribuir com a redução da poluição do ar e sonora, além de não emitir gases de efeito estufa, economizar recursos e estimular a economia local, bem como reduzir os engarrafamentos, resultando em menos stress e menos tempo perdido no trânsito, aumentando a produtividade e a geração de renda na cidade.



A campanha "Bicicleta nos Planos"



A campanha BICICLETA NOS PLANOS é realizada pelas associações Bike Anjo, Transporte Ativo e UCB – União de Ciclistas do Brasil, com apoio do Instituto Clima e Sociedade – ICS, e tem como objetivo orientar a sociedade civil organizada e cidadãos, bem como técnicos municipais e decisores políticos para a INCLUSÃO DA BICICLETA, enquanto meio de transporte, no planejamento urbano, através da sua inserção NOS PLANOS DE MOBILIDADE URBANA.



Baixe o Guia “A Inclusão da Bicicleta nos Planos



Veja como participar da campanha...



Acesse essa notícia direto da fonte...