Busca por Ônibus em Florianópolis



 Buscar  
 Buscar

Parceiros:


  
Everbike

MIX Rocha

MObfloripa | Guia

FITZZ | e-bikes

PLAMUS


Mobilize | Cinco cidades com planos ambiciosos de mobilidade urbana



Projeto de super blocos quer transformar Barcelona




Data:

09/09/2016

Fonte:

Mobilize Brasil

Fonte da imagem:

Recorte digital de mobilize.org.br

TAGs:

Mobilidade Urbana, Políticas Públicas, Transporte Coletivo

Editoria:

Mobilidade Urbana


Atualização: 09/09/2016



 

imprimir artigo



 

enviar por e-mail



Share/Bookmark

Leia também...

* Equipe do Mobfloripa no debate sobre mobilidade urbana em Florianópolis



* Mobilidade urbana na Capital - Veja como foi o Painel RBS



* Mobilidade urbana, afinal que trem é esse?



* Mobilidade ativa pode ser opção para alto número de carros circulando em Florianópolis.



* Florianópolis sediará em março o 1º Fórum das Américas sobre Mobilidade nas Cidades.





Algumas cidades pelo mundo têm saído à frente e investido forte em planos de mobilidade urbana que melhoram a qualidade de vida de seus habitantes e evitam que cada um apele ao carro particular. Estes planos apostam na integração dos transportes públicos, levando as pessoas a utilizarem ônibus, trens, bondes, bicicletas e táxis, de modo combinado e conforme suas necessidades de percurso.



No continente europeu estão as cidades que mais vêm investindo na eficiência da mobilidade urbana, a exemplo de Helsinki, Barcelona, Milão e Oslo, para citar algumas. Na América do Sul, um exemplo positivo é a capital colombiana Bogotá. Nessas cidades, as políticas de mobilidade intervêm para que o transporte coletivo venha a ser sustentável, com baixos níveis de poluição e menor impacto no trânsito.



Na linha de mudança cultural, o carro está deixando de ser símbolo de status para os jovens. Em Helsinki, por exemplo, a prefeitura desenvolve um ambicioso plano de mobilidade, que aposta na ideia de que a geração atual, além de buscar economizar, está preocupada em preservar o ambiente. Por isso, a cidade finlandesa tem a expectativa de que dentro de 20 anos um sistema de transporte coletivo de qualidade vá atender plenamente a toda a população.



Clique aqui para saber mais