Busca por Ônibus em Florianópolis



 Buscar  
 Buscar

Parceiros:


  
FITZZ | e-bikes

MObfloripa | Guia

Everbike

MIX Rocha

PLAMUS


Dia sem carro e a conscientização no trânsito







Data:

23/09/2016

Fonte:

Prefeitura de Florianópolis

Fonte da imagem:

Recorte digital de pmf.sc.gov.br

TAGs:

Dia Mundial sem Carro, bicicleta, ônibus, táxi, pedestres, Florianópolis

Editoria:

Mobilidade Urbana


Atualização: 23/09/2016



 

imprimir artigo



 

enviar por e-mail



Share/Bookmark

Leia também...

* Equipe do Mobfloripa no debate sobre mobilidade urbana em Florianópolis



* Mobilidade urbana na Capital - Veja como foi o Painel RBS



* Mobilidade urbana, afinal que trem é esse?



* Mobilidade ativa pode ser opção para alto número de carros circulando em Florianópolis.



* Florianópolis sediará em março o 1º Fórum das Américas sobre Mobilidade nas Cidades.





Série de ações organizadas pela Prefeitura de Florianópolis promoveu o 'Dia sem Carro', entre outras iniciativas



A Secretaria de Segurança e Gestão do Trânsito promoveu uma série de ações neste 'Dia sem Carro', todas elas de cunho educativo. Desde as 6 horas, por exemplo, a Guarda Municipal de Florianópolis interrompeu o tráfego de automóveis e motos em um dos lados da praça XV de novembro (rua Arcipreste Paiva), no trecho entre a rua Tenente Silveira e avenida Paulo Fontes.



A iniciativa faz parte da 16ª Jornada Brasileira – evento internacional de reflexão sobre os modelos de mobilidade urbana que tem como tema “faixas exclusivas, bicicletas, calçadas acessíveis e paz no trânsito”, proporcionando áreas livre de automóveis, dando mais espaço para pedestres, ciclistas e transportes públicos.



Em sintonia com o 'Dia sem carro', o semáforo do trecho foi desligado e guardas municipais garantiram a passagem dos pedestres, ciclistas e transporte público, com a via sinalizada por cones. Pedestres receberam material informativo e mudas de plantas do Horto Municipal.



“Hoje está ocorrendo o Fórum Mundial da Paz, a chegada da primavera e este evento nacional pela paz. Tivemos também a carrinhada de bebês. O objetivo maior não é hoje solucionarmos o problema de trânsito, mas sim criar um despertar social, porque o problema de trânsito é uma questão social. Você pode notar, nos carros, que a grande maioria está com apenas o motorista. Queremos despertar a consciência de que a alternativa está no uso de outros meios de transporte”, enfatizou o secretario de Segurança e Gestão do Trânsito, Jose Paulo Rubim Rodrigues.



Acesse essa notícia direto da fonte...