Busca por Ônibus em Florianópolis



 Buscar  
 Buscar

Parceiros:


  
Everbike

MIX Rocha

MObfloripa | Guia

FITZZ | e-bikes

PLAMUS


Mobilize | México vai devolver impostos a quem comprar bicicletas







Data:

03/11/2016

Fonte:

Mobilize

Fonte da imagem:

Recorte digital de mobilize.org.br

TAGs:

mobilidade urbana, meio ambiente, transportes, poluição, ciclistas

Editoria:

Bicicletas


Atualização: 03/11/2016



 

imprimir artigo



 

enviar por e-mail



Share/Bookmark

Leia também...

* Magrelas, gratuitas e eficientes em Brasília



* Bicicletas podem garantir mais segurança no trânsito em Florianópolis



* O futuro do transporte está nas bicicletas?



* Novas "highways" para bicicletas fazem sucesso em Londres



* Bicicleta: o meio de transporte do futuro





Objetivo do governo do país é diminuir a poluição do ar em grandes centros como a Cidade do México. Estímulos também serão dados na compra de motos e carros elétricos



Ao comprar uma bicicleta no México, os consumidores poderão conseguir o retorno de até 25% do valor da compra. Isso porque o Congresso mexicano aprovou, em outubro deste ano, uma série de estímulos fiscais para a mobilidade urbana, como a devolução dos impostos às pessoas que adquirirem uma bike ou motocicleta elétrica.



A nova medida também pretende dar incentivos a quem comprar automóveis elétricos e híbridos, oferecendo deduções de até 250 mil pesos mexicanos (aproximadamente R$ 42 mil).



De acordo com o jornal El País, o objetivo do governo do país é diminuir os índices de contaminação nos grandes centros urbanos, como a Cidade do México, que têm apresentado altos níveis de poluição do ar.



O uso das bicicletas no México tem aumentado nos últimos anos, principalmente nas grandes cidades, onde os governos locais construíram ciclovias e incentivaram os ciclistas.



Nota da redação: No dia 1º de novembro, o jornal Excelsior, do México, publicou notícia esclarecendo que a devolução será válida apenas para empresas e proprietários de empresas. Leia mais



Acesse essa notícia direto da fonte...