Busca por Ônibus em Florianópolis



 Buscar  
 Buscar

Parceiros:


  
FITZZ | e-bikes

PLAMUS

MObfloripa | Guia

MIX Rocha

Everbike


Revista Bicicleta | Como um simples hábito cultural holandês ajuda a salvar vidas de ciclistas no trânsito







Data:

14/11/2016

Fonte:

Revista Bicicleta

Fonte da imagem:

Recorte digital de revistabicicleta.com.br

TAGs:

ciclistas, cicloativistas, Holanda, motoristas, sinalização

Editoria:

Bicicletas


Atualização: 14/11/2016



 

imprimir artigo



 

enviar por e-mail



Share/Bookmark

Leia também...

* Magrelas, gratuitas e eficientes em Brasília



* Bicicletas podem garantir mais segurança no trânsito em Florianópolis



* O futuro do transporte está nas bicicletas?



* Novas "highways" para bicicletas fazem sucesso em Londres



* Bicicleta: o meio de transporte do futuro





Na Holanda, um costume antigo faz com que motoristas obrigatoriamente olhem na direção oposta da via antes de abrir a porta do carro, evitando colisões com bicicletas



Quem usa bicicleta como veículo em grandes cidades já percebeu: há uma lista de acidentes mais comuns envolvendo bicicletas. Grande parte deles acontece quando um motorista faz uma manobra sem perceber a presença do ciclista ou não cumpre as leis de sinalização para conversões.



Um deles é conhecido em inglês como "dooring", quando um motorista ou passageiro abre a porta do carro na lateral da via e atinge o ciclista com ela.



Com o ciclista trafegando pela direita em uma ciclovia, por exemplo, isso pode acontecer quando um passageiro desce do carro em direção à calçada. Quando há carros estacionados do lado direito, um motorista ou passageiro desatento, que tente sair do carro pelo lado da via, também pode provocar esse tipo de acidente.



Em Chicago, nos EUA, 1 a cada 5 acidentes com bicicletas acontece dessa maneira - em 2012, houve um acidente do tipo a cada dois dias na cidade.



Os números inspiraram cicloativistas norte-americanos a buscarem uma solução na Holanda, país onde 27% de todos os deslocamentos são feitos de bicicleta e há quase uma bike para cada habitante.



Lá, apesar do número muito maior de ciclistas, uma diferença cultural simples faz com que os acidentes do tipo sejam raros: os holandeses sempre abrem a porta do carro usando a mão do lado oposto àquele que estiver encostado na porta.



Esse gesto simples força o passageiro ou motorista a girar o corpo e o olhar em direção à mão da via - o que permite que ele veja, pelo retrovisor e diretamente, se há um ciclista vindo ou não. Assim, é possível antecipar o acidente e evitá-lo.



A origem da "pegada holandesa"

Os norte-americanos batizaram o estilo holandês de abrir portas de "Dutch Reach", ou "pegada holandesa", em tradução livre. No entanto, na Holanda, o hábito não tem um nome e sequer é visto como algo especial ou diferente: é simplesmente como se abrem portas de carros.



Continue lendo esta notícia direto da fonte...