Busca por Ônibus em Florianópolis



 Buscar  
 Buscar

Parceiros:


  
MIX Rocha

MObfloripa | Guia

PLAMUS

FITZZ | e-bikes

Everbike


Vá de Bike | Barcelona constrói superquadras para transformar a mobilidade urbana







Data:

15/11/2016

Fonte:

Vá de Bike

Fonte da imagem:

Recorte digital de vadebike.org

TAGs:

bicicleta, pedestres, ciclistas, sustentabilidade, carros, ruas, tráfego

Editoria:

Mobilidade Urbana


Atualização: 15/11/2016



 

imprimir artigo



 

enviar por e-mail



Share/Bookmark

Leia também...

* Equipe do Mobfloripa no debate sobre mobilidade urbana em Florianópolis



* Mobilidade urbana na Capital - Veja como foi o Painel RBS



* Mobilidade urbana, afinal que trem é esse?



* Mobilidade ativa pode ser opção para alto número de carros circulando em Florianópolis.



* Florianópolis sediará em março o 1º Fórum das Américas sobre Mobilidade nas Cidades.





Para melhorar ainda mais a questão da mobilidade urbana, a Câmara Municipal de Barcelona, na Espanha, aprovou um projeto de lei que pretende construir superquadras (ou superblocos) – áreas onde pedestres e ciclistas terão prioridade, enquanto carros terão acesso restrito. Além de priorizar a qualidade de vida, a ideia do projeto é requalificar o espaço público e promover a construção de mais áreas verdes.



A partir do ano que vem, Barcelona pretende se tornar uma cidade para pedestres. Grupos de blocos residenciais serão transformados em um só, formando os superblocos, que por sua vez serão menores do que os bairros. Dentro deles, veículos automotores de não residentes serão banidos. Moradores poderão trafegar de carro, mas com velocidade reduzida. O projeto incentiva trajetos a pé e de bicicleta.



Fora da área dos superblocos, o trânsito também sofrerá alterações. O objetivo é eliminar 60% do tráfego de carros ao longo de toda a cidade. “Os superblocos pretendem colocar um fim na predominância do carro nas ruas, devolvendo o espaço ocupado por ele aos pedestres”, declarou Irene Capdevilla, da Agência de Ecologia Urbana de Barcelona.



Sustentabilidade e qualidade do ar

Uma das principais motivações do projeto é a qualidade do ar em Barcelona, que extrapola os limites saudáveis estipulados pela WHO (World Health Organization). Estima-se que 3.500 pessoas morrem todos os anos na cidade espanhola por doenças respiratórias causadas pela poluição. O projeto de mobilidade também visa a melhora desses índices.



Continue lendo esta notícia direto da fonte...